HOMEDOJO DO GARUDA ACTION FIGURES FILMES ANÁLISES

30TH ANNIVERSARY STREET FIGHTER MYSTERY BOX FUNKO POP - UNBOXING E REVIEW


     Apesar de Street Fighter também ter feito parte da minha infância, admito que ele quase sempre era a minha última escolha para jogos de luta, pois geralmente eu acabava optando por outros títulos de pancadaria como Mortal Kombat, The King of Fighters ou Samurai Showdown, por conta disso, não sou daquele tipo de gamer que idolatra a franquia Street Fighter. Porém, mesmo não sendo do tipo de fã mais assíduo desta franquia de pancadaria, tenho que admitir que ela ajudou muito a desenvolver meu gosto por certos tipos de personagens digamos mais peculiares, como por exemplo os gordos, velhos e magrelos, isso, graças ao carisma que todos os personagens de Street Fighter possuem fazendo com que você acabe gostando e aprendendo a jogar com eles por sua carisma, e, não por por ter um porte de lutador ou por ter cara de mau. E, por mais bizarro que isso possa parecer, Street Fighter também foi um dos jogos que serviu de catalisador para me apresentar as artes marciais quando criança. Mesmo que seja de modo completamente errôneo do que ela realmente é, ainda sim temos todo o tipo de variedades de artes marciais em Street Fighter, e graças a personagens como E. Honda ou até mesmo o mais recente Hakan, somos apresentados a vários tipos diferentes de lutas que existem ao redor do mundo, e, apresentar algo como o Sumô em uma época que só existiam Kung Fu, Karate e Ninja, foi meio que algo surreal para mim em meados dos anos noventa. 
    Pessoalmente eu só comecei a realmente apreciar essa franquia de jogos de luta depois de adulto, pois, foi quando realmente comecei a entender o valor e o peso que a franquia de luta tem na história do games. Mesmo hoje em dia ainda não troco Street Fighter por um The King of Fighters ou Mortal Kombat, porém, hoje em dia sei que o peso do Street Fighter no mundo dos games é muito maior que os outros jogos de luta, por isso ele tem possui uma legião de fãs e admiradores até os dias hoje.
   Como hoje em dia eu também posso dizer que estou entre essas pessoas que admiram Street Fighter, nada melhor que analisar a caixa comemorativa Gamestop da Funko de trinta anos da franquia de luta mais importante do mundo.
     Após esse longo textão sobre Street Fighter, vamos logo ao que interessa, o unboxing da caixa!


    Antes de Abrir a caixa tem um ponto que gostaria de mencionar. De todas as caixas da Funko que já fiz unboxing, a da Gamestop é a única que vem totalmente lacrada, com direito a plástico e tudo.
    Achei isso muito legal, pois, dá uma sensação de que você está comprando algo novo, mostrando uma preocupação da Gamestop com o produto, algo que não acontece com as outras caixas da Funko que vem com um durex na caixa e pronto, essa é a única indicação que você tem que a caixa não foi violada.


    Ainda falando da caixa, tenho que destacar outras duas coisas, como por exemplo que ela é bem menor que as caixa da Disney Treasure, Marvel Collector Corps e DC Legion of Collectors
O material da caixa eu também achei bem melhor que o material de todas as outras caixas da Funko já analisadas aqui, pois, a caixa é feita com aquele material de papelão que parece mais plástico (não sei o nome do material deste papelão) ao contrário das outras que parecem aquelas caixas de papelão comuns.


    Abrindo ela, já é possível ver praticamente todo o conteúdo da caixa. Nada de duas aberturas na caixa como acontece nas outras caixas da Funko e nada de Broches e Patch. O que você está vendo é o que tem na caixa. Claro que para você que está olhando pela foto não é possível ver tudo, então, vamos olhar mais a fundo no conteúdo item por item.


    Ao contrário das outras caixa que costumam vir uma camiseta, essa caixa da Gamestop vem um boné preto com o logo de 30 anos do Street Fighter da Funko. Abaixo mais algumas fotos:



    Como pode ser visto, ele tem ajustador de tamanho, o que é ótimo, já que ajustador de tamanho é algo que esta virando incomum nos bonés hoje em dia. Eu também achei o material do boné muito bom. O logo de 30 anos costurado no boné também ficou uma beleza. Pena não ter mais fliperamas por ai, pois, seria bem legal ir numa máquina de Street Fighter desafiar o pessoal usando esse boné.


Junto com o boné tem dos Pint size Heroes e um Chaveiro do Akuma exclusivo da Gamestop. 


    A versão do chaveiro do Akuma que vem na caixa utiliza as cores alteradas do jogo, só não sei dizer se é a versão player 2 dele. Pessoalmente falando eu gostei do cabelo laranja e das roupas vermelhas, tanto é que se a Funko lançar um boneco do Akuma nesta cor será compra certa para a minha coleção.  


     O chaveiro do Akuma também me impressionou bastante, pois, assim como aconteceu com o unboxing da caixa do Superman onde analisei um chaveiro do Superman da Funko, eu achava que o controle de qualidade duvidoso da Funko para com seus produtos ocasionaria em um chaveiro com uma qualidade ainda pior que alguns bonecos no quesito pintura. Felizmente tanto o chaveiro do Superman analisado anteriormente quanto este chaveiro Akuma vieram sem nenhuma falha de pintura. Isso sem contar que os detalhes do chaveiro ficaram tão bem feitos que ouso dizer que ele não perde em quase nada para a versão grande do Akuma. O chaveiro é literalmente um Funko Pop de cinco centímetros.


    Esta é a primeira vez que tenho em mãos um boneco da linha Pint Size Heroes. Pelo que pude notar, os Pint Size Heroes são praticamente Dorbz menores e sem a cara de super alegre que o Dorbz tem. 
    Quando vi o saquinho fechado, achei que os bonecos seriam aleatórios, pois, geralmente essas coleções da Funko são com bonecos sortidos dentro dos saquinhos, mas, no caso dessa caixa do Street Fighter os dois bonecos dentro do saquinho do Pint Size Heroes são sempre os mesmos, que são: 


A Chun-li e o Guile, também com outras cores. 



    Como pode ser visto na primeira imagem acima, os bonecos têm metade do tamanho de um Dorbz comum, ou seja, cada boneco deve ter bem menos que cinco centímetros de altura cada. Na verdade, creio que até menos que cinco centímetros, já que, como pode ser visto na segunda imagem acima, eles são menores que o chaveiro do Akuma, e, mesmo se não tivesse esse cabelão que ele tem, ainda sim ele seria maior que os Pint Size Heroes.


    A Chun-li ficou muito elegante com essa roupa preta. Fora que a bonequinha dela ficou uma gracinha. Ela tem algumas falhas de pintura na roupa e uma marquinha preta no rosto, mas não é nada tão gritante assim, tanto é que é praticamente imperceptível na foto.


O Guile também não fica atrás. Mesmo com sua cara de mau e sem sobrancelhas, ele também é bonitinho com seu próprio estilo de soldado americano machão. Abaixo mais algumas fotos do casal:



    Apesar de serem bem bonitinhos e fofinhos e bem estilizados, eles conseguem manter a essência dos dois personagens, mas, o tamanho deles ainda me incomoda um pouco. Eu achei que eles são muito pequenos. Pra mim eles deveriam ser pelo menos uns dois centímetros maiores. 
    Porém, tenho que dizer que no quesito rosto, gosto mais do estilo deles do que o estilo dos Dorbz, já que, eles possuem rostos e expressões faciais diferentes, enquanto os Dorbz não.
    Agora, vamos a atração principal da caixa da Gamestop:


    O Hot ryu da Funko foi originalmente lançado apenas em eventos na Ásia, tornando-se um item um pouco mais caro e difícil de se achar, caso você não more nos países asiático. Como ele não ganhou uma versão no ocidente, creio  eu que esse tenha sido o motivo de resolveram colocar uma versão com cores alteradas do mesmo boneco nessa caixa, o que é bem legal para os fãs que querem ter uma versão do boneco, mas não tem dinheiro ou não quer pagar caro na versão exclusivo do Hot Ryu, fazendo com que ele seja uma edição mais barata e fácil de se achar, o que é uma ótima opção para quem não liga para as cores em si. 
    O Violent Ken qie acompanha o Hot Ryu na caixa não passa de uma "reciclagem" da edição exclusiva do Ken vendida na Toys R Us. A única diferença é que ele ganhou uma pintura nova para ficar igual o Violent Ken, e, assim ser vendido como "outro personagem". 


    Eu mesmo sou uma dessas pessoas que queria ter uma versão do Hot Ryu na coleção. Mesmo o Ryu estando entre os personagens que mais odeio na franquia Street Fighter, eu adorei muito esse visual alternativo que ele ganhou em Street Fighter V. Tanto é que até hoje acho que essa deveria ser o visual padrão dele no jogo, ao invés do modelo clássico que todos já estamos acostumados. Como não estava muito animado em pagar na média de 250 reais para ter a versão com cores originais do Hot Ryu, essa versão da Gamestop com todo esse conteúdo veio bem mais a calhar, ainda mais levando-se em conta que ela custou 200 reais, ou seja, 50 reais a menos do que pagaria em apenas um boneco, e ainda recebi junto o Violent Ken, um boné e mais dois bonecos.


    Falando do boneco do Ryu, uma coisa que reparei logo que peguei a caixa dos bonecos foi o descuido deles na imagem do Ryu caixa, pois, na caixa ele é mostrado com faixa que ele usa na cabeça na cor vermelha e sua faixa da cintura e luvas de cores pretas, mas as cores reais do boneco são diferentes, como pode ver, a bandana e faixa são amarelo e as luvas são da cor azul. Apesar de ser um detalhe um tanto quanto bobo, ver uma imagem assim na caixa do produto final mostra que eles não tiveram um cuidado maior em revisar como estava a caixa do produto. Deixando uma impressão que quem fez o design da caixa nem sequer chegou a ver quais seriam as cores usadas pelo boneco, só pintou a calça do desenho e estampou na caixa.


     No Geral o Ryu é bem bonito. Essa versão do boneco é bem detalhada, principalmente nos cabelos e na barba. Outros dois detalhes que também chamaram a minha atenção, foram as cicatrizes no corpo e a escrita na faixa. Abaixo mais algumas fotos dele: 






    O detalhe de pintura mais gritante no Hot Ryu é o mesmo mal que todos os bonecos com barbas, bigodes e qualquer outro tipo de personagem com pelos faciais  feitos pela Funko sofrem. A pintura sempre está fora ou abaixo da linha demarcada da barba do boneco, deixando sempre uma linha de falha de pintura no boneco ou com a pintura da barba passando a linha da barba e indo para o rosto. Você pode pegar qualquer boneco com barba de qualquer outra linha, como Game of Thrones, Star Wars ou qualquer outra coisa e verá que sempre terá esse problema na pintura da barba deles. Nesse caso da barba do Ryu, eu prefiro menos do que mais, então, essa linha na barba dele é um detalhe que não me importa tanto.
    Fora esse detalhe da barba a parte de trás do boneco tem uma mancha preta bem na bunda (dá para ver na terceira foto), que, com certeza não foi feita propositalmente para parecer sujeira.
Mesmo assim eu gostei bastante dessa versão do Ryu, ela é bem estilosa, assim como a versão do jogo. Ficou bem lindão.


    Mesmo não tendo tantos detalhes quanto o Hot Ryu, a versão do Violent Ken, também não deixa a desejar. O boneco ficou bem sinistro, principalmente com esses olhões brancos e as marcas de olheira contornado nos olhos. Abaixo mais algumas fotos dele:




   Assim como o Ryu, os cabelos do Ken também são o maior destaque no quesito detalhes da figura do Violent Ken e os detalhes nos olhos que o deixaram bem sinistro. como foi dito acima. De resto, não vi nada demais no Violent Ken. Ele é uma figura OK, e nada mais que isso. 
    Uma coisa que vale destacar no Violent Ken é que ele não veio com nenhuma falha de pintura, isso mesmo, nenhuma! Um feito e tanto para um boneco da Funko, que, mesmo com uma aparente melhoria no seu controle de qualidade, ainda sim sempre escapa um detalhe aqui ou ali. Algo que não aconteceu com o Violent Ken.


    No geral eu gostei bastante da caixa de 30 anos do Street Fighter da Funko exclusiva da Gamestop. Mesmo vindo menos conteúdo se comparado as Caixas da Marvel e DC e até mesmo Disney, ainda sim possuí conteúdo respeitável e feito para agradar pessoas que procuram por um conteúdo maior de bonecos, algo que as outras caixas (com exceção da Disney Treasures) na maioria das vezes não oferecem. 
    Para quem gosta dos bonecos da Funko Pop, e são fãs de Street Fighter, essa caixa de 30 anos de Street Fighter será um prato cheio para comemorar os 30 anos dessa franquia de lutadores de rua extremamente estereotipados da Capcom. De todas as caixas da Funko que fiz unboxing, certamente a do Street Fighter foi uma das três melhores caixas, na minha opinião.
    Com a caixa da Gamestop finalmente aberta e analisada, posso dizer que por enquanto se encerra a série de unboxing de uma de cada caixa de colecionador da Funko.Se a Funko lançar outra linha de caixas de colecionador, certamente voltarei para fazer unboxing e review de uma das caixas. 
    Por fim, caso tenha interesse em ver os unboxings das outras caixas da Funko que fiz, basta clicar nos títulos abaixo que você será direcionado para as postagens das respectivas caixas:








Obrigado pela visita.

Nenhum comentário:

Postar um comentário